Reflexão e mudança pautam abertura de reunião do Colégio de Presidentes

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

São Paulo, 28 de outubro de 2020

Mudanças, avanço e proximidade com os profissionais: essas são as expectativas do colegiado que reúne os presidentes dos Creas, do Confea e da Mútua para os mandatos que se iniciam em 2021. Os anseios dos profissionais e a esperança deram o tom da abertura da 5ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes, que, iniciada nesta quarta-feira (28/10), é realizada em São Paulo até sexta-feira (30/10). 

Anfitrião do evento, o presidente do Crea-SP, eng. telecom. Vinícius Marinelli, conclamou os participantes a realizarem uma autocrítica. “A ótica do profissional em relação ao Sistema não é legal. É uma crítica interna, me coloco na crítica. Temos que transformar o Sistema de uma vez. Se não fizermos isso, alguém vai fazer”, disse, ao mencionar os diálogos que manteve durante período de campanha eleitoral.

Veja o álbum de fotos no Facebook

Reeleito para o mandato 2021-2023, Marinelli defende que o Confea/Crea seja uma plataforma de benefícios para o profissional, transparente e de fácil acesso. “Nossos indicadores são bons, temos bons números de fiscalização, mas ouvi muitas críticas. Trago essa reflexão me colocando à disposição para que, de maneira organizada, conjunta, entreguemos um Sistema ainda melhor em três anos”.

Presidente do Crea-SP, eng. telecom. Vinícius Marinelli

Após os informes da mesa diretiva dos trabalhos, os presidentes dos Regionais registraram concordância com a manifestação do presidente do Crea-SP, pontuaram as dificuldades enfrentadas no período eleitoral, e mencionaram alguns feedbacks que receberam dos profissionais durante as campanhas.

Balanço
Representando a Presidência do Confea, o vice-presidente do Federal, eng. civ. Osmar Barros Júnior, aproveitou a palavra, durante a abertura da reunião, para fazer um balanço do período que ficou à frente do Conselho, por conta da desincompatibilização do presidente, eng. civ. Joel Krüger. “Passamos por um processo eleitoral – que já é, via de regra, sensível -, cujas dificuldades foram potencializadas pela pandemia. Se consegui trabalhar com tranquilidade e vencer as dificuldades foi porque eu sabia que tinha o apoio de todos vocês”, disse.

Vice-presidente do Confea, eng. civ. Osmar Barros Júnior

Entre as ações promovidas nos últimos meses, Barros ressaltou os acordos de cooperação técnica com os Ministérios da Cidadania, da Saúde, da Ciência, Tecnologia e Inovação, do Desenvolvimento Regional e da Educação. “Esses acordos têm o formato ‘guarda-chuva’ [cada Crea pode aderir e reproduzir os acordos no âmbito estadual]. Esperamos as parcerias dos Regionais”. 

Pela manhã, ainda, os presentes assistiram à apresentação do diretor de Tecnologia da Mútua, eng. agr. e seg. trab. Claudio Calheiros, que traçou um panorama sobre a atuação em 2020. À tarde, os conselheiros federais coordenadores das comissões deliberativas do Confea fizeram seus informes. 

O Colégio de Presidentes é o fórum consultivo do Confea que reúne todos os presidentes de Creas e da Mútua. A 5ª Reunião Ordinária do fórum em 2020 teve início nesta quarta-feira (28/10) e segue até sexta (30/10), em São Paulo.
 

Beatriz Craveiro
Equipe de Comunicação do Confea
Fotos: Flavio Corvello