Nota de pesar pelo falecimento do eng. agr. André Luiz Melhorança

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Faleceu em Dourados, na última terça (1/12) aos 68 anos, o engenheiro agrônomo e pesquisador aposentado da Embrapa Agropecuária Oeste, André Luiz Melhorança.

Em 1975, André se graduou em agronomia pela Universidade Federal do Paraná. Em 1982, concluiu mestrado em Fitotecnia, pela Universidade de São Paulo e fez doutorado em Agronomia, pela Unesp, em 1994. Ele também foi um dos precursores do curso de Agronomia, contribuindo como professor da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS).

Foto: Embrapa

Ao longo de sua carreira, ele buscou compreender o comportamento dos herbicidas sobre as plantas daninhas. Ele fez parte da equipe de pesquisadores da Embrapa Agropecuária Oeste que produziu os primeiros conhecimentos relacionados ao Sistema de Plantio Direto (SPD), com ênfase ao processo de dessecação das plantas daninhas.

Suas pesquisas relacionadas à fitotecnia foram voltadas para diversas culturas e contribuíram com o processo produtivo da: soja, mandioca, algodoeiro, mamona, entre outras. André também participou de pesquisas relacionadas a nutrição de peixes, com uso de mandioca, como insumo alimentar.

Aos familiares e amigos, o Crea-MS, em nome de seu presidente, conselheiros e funcionários manifesta o mais profundo pesar por imensa perda.

Com informações da Embrapa Agropecuária Oeste