Notícias Terça-feira, 8 de junho de 2021

No primeiro dia de trabalho, CPCO aprova quatro propostas que serão levadas ao Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea

Confira a cobertura fotográfica

Teve início na manhã desta quarta-feira (18/8), na sede do Crea-MS, a terceira reunião do Colégio de Presidentes dos Creas do Centro-Oeste (CPCO). O encontro tem por objetivo debater propostas que serão apresentadas ao Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea (CP) e compartilhar ações estratégicas visando à melhoria dos processos de gestão, rotinas administrativa e funcional dos Regionais.

Anfitriã do encontro, a presidente do Crea-MS, eng. agrim. Vânia Mello afirmou que “este é um momento para trocarmos experiências, apararmos arestas que ainda precisamos melhorar, evoluir enquanto Crea. Assim como uma família que somos, espero que possamos sair daqui mais evoluídos, cada um colaborando com sua experiência”, disse.

Presidente do Crea-GO, engenheiro civ., agric., e seg. trab. Lamartine Moreira, em sua manifestação na abertura, enalteceu a parceria com o Crea-DF em ação de fiscalização na área rural no entorno de Brasília, que considerou um avanço. Sobre o CPCO, o presidente acredita que “assim vamos fortalecer nosso bloco, consolidando nossas ideias e nossos posicionamentos perante o grupo”.

Coordenadora do colegiado, a presidente do Crea-DF, eng. civ. Fátima Có ressaltou a oportunidade de troca de experiências que o fórum proporciona, ressaltando a atuação dos outros três regionais na área da agricultura. “O CPCO permite discussões densas e detalhadas; é um canal que dispomos para debater e fortalecer propostas antes de levá-las ao Colégio de Presidentes do Sistema”.

Presidente do Crea-MT, o eng. civ. Juares Samaniego, que já ocupou a presidência mato-grossense por mandatos, relatou o trabalho de reestruturação organizacional que vem desenvolvendo no Regional.

Já na abertura do evento, o primeiro do ano realizado presencialmente, após as boas-vindas aos convidados, os presidentes acompanharam uma apresentação sobre importância da presença digital com a influenciadora campo-grandense Jessica Pesseti, que contou sua experiência com a rede social Instagram.

Neste primeiro dia de reunião, quatro propostas foram discutidas e aprovadas e serão encaminhadas ao CP, que será realizado em Fortaleza, de 1º a 3 de setembro. Uma delas propõe a alteração da resolução 1008/2004 que passaria a possibilitar que autuados fossem notificados por meios eletrônicos e não apenas por correspondência. Outra proposta defende a inclusão, na Resolução 1.121/2019, da uniformização de procedimentos para possibilitar o cancelamento de registro de pessoa jurídica baixada na Receita Federal do Brasil, Receita Estadual ou Registro de Pessoa Jurídica, a ser incluídos na Resolução 1.121/2019.

Outra proposta que será levada ao CP refere-se à alteração da Resolução nº 1.066/2015, facultando aos Creas a ampliação de prazo e desconto na anuidade do profissional recém-formado.

O Colegiado levará ao CP que o Conselho Federal (Confea) solicite ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) disponibilização aos Creas do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), ferramenta de gestão de documentos e processos eletrônicos e que já é utilizado por órgãos da federais.

Remotamente, a reunião contou com a colaboração do vice-presidente do Confea e conselheiro federal representando do Crea-DF, eng. civ. João Carlos Pimenta; do 1º vice-presidente do Crea-MS, eng. civ. Mário Basso Dias filho, das procuradoras jurídicas do Crea-DF e Crea-GO. A reunião seguirá até quinta-feira, às 18h, quando serão encerradas discussões.

Presencialmente também participam do encontro e contribuíram com as discussões, o secretário de relações institucionais do Crea-DF, eng. civ. Gilberto Campos; o assessor de tecnologia de informação do Crea-DF Cristiano Sousa, o superintendente operacional do Crea-MT, Giovani Bertol e gestores do Crea-MS.  

Janine Gonzalez
Comunicação Crea-MS