Fiscalização deve realizar 2,4 mil visitas em 39 cidades no mês de junho

terça-feira, 5 de junho de 2018

O Departamento de Fiscalização do Crea-MS divulgou o calendário das atividades relativas ao mês de junho. Neste mês, a fiscalização na área urbana estará concentrada em curtumes, festas juninas, indústrias, obras e prefeituras. Na área rural, o Conselho fiscalizará lavouras e cartórios, neste são verificados se os projetos de custeio agropecuários possuem responsáveis técnicos e suas respectivas ART’s.

“Todas as atividades fiscalizadas devem ser executadas somente por empresas e profissionais registrados no Crea-MS. Além disso, para profissional e contratante, a ART é o instrumento de garantia de vínculo e de serviços prestados”, ressaltou o gerente de fiscalização Luis Antonio da Silva.

O desabastecimento de combustível inviabilizou algumas atividades na última semana de maio, por isso, segundo o gerente de fiscalização, o calendário de fiscalizações deste mês sofreu alterações e terá início no dia 11 de junho. “As alterações não impedirão o cumprimento do planejamento, que é de realizar 2,4 mil visitas em 39 cidades, incluindo os distritos de Dourados e Maracaju”, garantiu o gerente.mapa fiscalizacao

Confira o calendário:

De 1º a 30
Campo Grande, Dourados e Paranaíba

De 11 a 15
Sonora, Pedro Gomes, Coxim, Rio Verde, São Gabriel do Oeste, Bandeirantes, Jaraguari, Sidrolândia, Nioaque, Chapadão do Sul, distritos de Dourados, Fátima do Sul, Vicentina, Jateí, Paranhos, Sete Quedas, Tacuru

De 11 a 22
Três Lagoas – área urbana

De 18 a 22
Angélica, Ivinhema, Maracaju e Vista Alegre, Miranda, Bodoquena, Nova Andradina
Ponta Porã – fiscalização intensiva

De 25 a 29
Camapuã, Paraíso das Águas, Aquidauana, Anastácio, Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Bataiporã, Taquarussu, Novo Horizonte do Sul, Selvíria, Aparecida do Taboado, Naviraí

Denúncias – Irregularidades em empreendimentos e serviços e demais atividades profissionais ligadas à engenharia, agronomia, geografia, geologia e meteorologia podem ser encaminhadas para verificação pelos agentes fiscais.

Clicando no link Denúncia Fiscalização, no site do Crea-MS, é possível, a qualquer pessoa relatar irregularidades como, por exemplo, ausência de profissionais, inexistência de placa em obras, atividade sendo realizada por leigos, acobertamento por parte de profissionais, entre outras irregularidades. O sistema também permite o envio de imagens.

Outras informações podem ser obtidas no Departamento de Fiscalização, de segunda a sexta-feira das 12h às 18h, pelo telefone 67 3368-1014.