Em outubro, fiscalização chegará a 36 municípios

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Responsável por garantir segurança da população por meio da regulamentação e fiscalização das atividades profissionais desenvolvidas por engenheiros, engenheiros agrônomos, geógrafos, geólogos, meteorologistas e tecnólogos destas áreas, o Crea-MS realizará, em outubro, fiscalizações em 36 cidades do Estado.

Serão fiscalizadas obras civis, lotéricas, cartórios, eventos, frigoríficos, prefeituras e revendas de agrotóxicos. Nesses locais, os agentes fiscais verificarão a existência de placas em obra, profissionais responsáveis técnicos e Anotação de Responsabilidade Técnica.

Denúncias – Irregularidades em empreendimentos e serviços e demais atividades profissionais ligadas à engenharia, agronomia, geografia, geologia e meteorologia podem ser encaminhadas para verificação pelos agentes fiscais.

Clicando no link Denúncia Fiscalização, no site do Crea-MS, é possível, a qualquer pessoa relatar irregularidades como, por exemplo, ausência de profissionais, inexistência de placa em obras, atividade sendo realizada por leigos, acobertamento por parte de profissionais, entre outras irregularidades. O sistema também permite o envio de imagens.

Outras informações podem ser obtidas no Departamento de Fiscalização, de segunda a sexta-feira das 12h às 18h, pelo telefone 0800-368-1000.

Confira o calendário de fiscalização
De 1º a 31 de outubro
Campo Grande, Dourados, Paranaíba e Três Lagoas
De 1º a 4 de outubro
São Gabriel do Oeste, Rio Verde, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Paranhos, Sete Quedas, Tacuru, Laguna Carapã, Caarapó, Juti, Itaporã, Douradina, Fátima do Sul, Vicentina e Jateí
De 14 a 18 de outubro
Sidrolândia, Maracaju, Vista Alegre, Coxim, Alcinópolis e Costa Rica
De 21 a 25 de outubro
Jardim, Guia Lopes da Laguna, Nioaque, Rio Brilhante, Anhanduí, Nova Alvorada do Sul, Chapadão do Sul, Paraíso das Águas, Bataguassu, Anaurilândia, Aral Moreira, Amambaí e Coronel Sapucaia

Equipe de Comunicação do Crea-MS