Em maio, Crea-MS  fiscaliza áreas rurais e urbanas em 49 cidades

sexta-feira, 4 de maio de 2018

O Departamento de Fiscalização do Crea-MS divulgou o calendário das atividades relativas ao mês de maio, onde terá início, neste ano, a fiscalização em propriedades rurais e agroindústrias.

O gerente de fiscalização, engenheiro Luís Antônio Silva, explica que as fiscalizações na área rural serão realizadas nos meses de maio, junho, outubro e novembro, conforme cronograma realizado com a orientação da Câmara Especializada de Agronomia.

Em propriedades rurais e agroindústrias, os agentes verificam o exercício profissional e o registro de Anotações Responsabilidades Técnica (ART) em atividades de plantio, colheita, armazenagem, aplicação de agrotóxicos, em poços artesianos, expurgos, análise dos solos, piscicultura, balanças, moega, tombador, central de gás, grupos geradores, para-raios, entre outros.

Na área urbana serão fiscalizados aterros sanitários, estações de tratamento de água e esgoto, obras civis e Prefeituras.

“Todas as atividades fiscalizadas devem ser executadas somente por empresas e profissionais registrados no Crea-MS. Além disso, para profissional e contratante, a ART é o instrumento de garantia de vínculo e de serviços prestados”, ressaltou o gerente,

Área urbana:
2 a 30 – Campo Grande, Dourados e Paranaíba
7 a 11 – Rio Negro, Corguinho, Rochedo,Corumbá, Ladário, Naviraí,
7 a 18 – Três Lagoas
14 a 18 – São Gabriel do Oeste, Maracaju, Terenos e Dois Irmãos do Buriti, Fátima do Sul, Jateí, Vicentina
21 a 25 – Chapadão do Sul

Área rural:
7 a 11 de maio – Coxim, Rio Verde, Cassilândia, Inocência, Alcinópolis, Costa Rica, Figueirão, Bataguassu, Anaurilândia, Mundo Novo, Eldorado, Japorã
De 14 a 18 – Sonora, Pedro Gomes, Laguna Carapã, Caarapó, Juti
21 a 25 – Bonito, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Bela Vista, Antônio João,  Angélica, Ivinhema, Rio Brilhante, Nova Alvorada do Sul, Itaporã, Douradina, Aral Moreira, Amambai, Coronel  Sapucaia

Denúncias – Irregularidades em empreendimentos e serviços e demais atividades profissionais ligadas à engenharia, agronomia, geografia, geologia e meteorologia podem ser encaminhadas para verificação pelos agentes fiscais.

Clicando no link Denúncia Fiscalização, no site do Crea-MS, é possível, a qualquer pessoa relatar irregularidades como, por exemplo, ausência de profissionais, inexistência de placa em obras, atividade sendo realizada por leigos, acobertamento por parte de profissionais, entre outras irregularidades. O sistema também permite o envio de imagens.

Outras informações podem ser obtidas no Departamento de Fiscalização, de segunda a sexta-feira das 12h às 18h, pelo telefone 67 3368-1014.