Em julho, Crea-MS fiscaliza 39 municípios

quinta-feira, 20 de julho de 2017

No mês de julho, os agentes fiscais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de MS (Crea-MS) visitarão  empreendimentos e serviços nas áreas da Engenharia e Agronomia em 39 cidades. Em 2017, a meta é que a fiscalização passe, em todo Estado, por 26.895 locais.

Em junho, foram iniciadas as fiscalizações na área rural, que terão continuidade, em 16 municípios, durante o mês de julho. Nestas localidades serão verificados os responsáveis técnicos pelo plantio, aplicação de agrotóxicos, colheita e armazenagem de grãos, entre outros.

Nas outras 23 cidades, a fiscalização visitará obras civis, hotéis e pousadas, postos de combustíveis, instituições de ensino, clubes e boates, clínicas e hospitais, prefeitura e demais órgãos públicos, condomínios e edifícios, supermercados, polo industrial, frigoríficos e curtumes, e igrejas e templos. Além de obras civis. Todos esses locais contam com atividades cuja responsabilidade deve ser de profissionais registrados no Conselho, com a devida Anotação de Responsabilidade Técnica (ART).

O Conselho trabalha para que o número de irregularidades seja reduzido. “Empreendimentos e serviços realizados por profissionais responsáveis com a devida emissão da Anotação de Responsabilidade Técnica são essenciais para a garantia de segurança das pessoas e, consequentemente, para a diminuição do número de irregularidades junto ao Conselho”, explicou o presidente do Crea-MS, engenheiro agrônomo Dirson Freitag.

Em julho, a fiscalização visitará as cidades Terenos, Dois Irmãos do Buriti, Corguinho, Rochedo, Rio Negro, Três Lagoas, Amambai, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Aquidauana, Anastácio, Miranda, Bodoquena, Maracaju, Bela Vista, Caracol, Porto Murtinho, Camapuã, Bandeirantes, Jaraguari, Chapadão do Sul, Paraíso, Naviraí, Novo Horizonte do Sul, São Gabriel do Oeste, Aparecida do Taboado, Selvíria, Iguatemi, Eldorado, Itaquirai, Gloria de Dourados, Deodápolis, além de Campo Grande, Dourados, Paranaíba, as três cidades que contam com agentes fixos de fiscalização.

Irregularidades – De janeiro a maio foram 11.156 visitas realizadas. Nestes locais foram encontradas 5.190 irregularidades, destas, 2.832 foram regularizadas após notificação e 2.358 transformaram-se em auto de infração.

Informações ou denúncias podem ser encaminhadas para o Crea-MS pelo e-mail dfi@creams.org.br ou pelo telefone 67 3368-1000, das 12h às 18h, de segunda a sexta-feira.

fiscalizacao_creams