Edifícios são alvo da última etapa da operação pente-fino de 2017

terça-feira, 14 de novembro de 2017

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul (Crea-MS) iniciou nesta segunda (13) a 10ª e última etapa da operação pente-fino realizada neste ano na Capital, com o objetivo de verificar a presença de profissionais responsáveis técnicos em atividades da engenharia e agronomia em edifícios residências e comerciais localizados na região central de Campo Grande.

São 14 agentes fiscais envolvidos na ação que será finalizada na sexta-feira, dia 17. Com a ação, os fiscais buscam identificar os responsáveis por atividades como o teste de conformidade elétrica; plano de segurança contra incêndio e pânico, teste de estanqueidade em sistemas de gás, instalação e manutenção de elevadores, manutenção de extintores, manutenção e monitoramento de alarmes e circuitos fechados de TV, serviços de dedetização, manutenção de poços artesianos, portões eletrônicos e cercas elétricas.

O gerente de fiscalização, eng. civ. e amb. Luis Antonio Silva  afirma que, desta forma, o Crea-MS trabalha para garantir segurança à sociedade por meio da execução de atividades realizadas apenas por profissionais  habilitados. “Todas estas atividades, se executadas por pessoas não habilitadas colocam em risco a vida de milhares de pessoas que residem ou fazem uso destas edificações. A presença de um responsável técnico com a devida Anotação de Responsabilidade Técnica registrada para os serviços, é mais uma forma de garantir segurança para a população”.

Denúncias –  O Crea-MS lançou recentemente um canal para recebimento de denúncias e solicitações de fiscalização. O canal está disponível no site do Conselho, neste link, onde também é possível, ao usuário, acompanhar o andamento de todas as solicitações.