Crea-MS é certificado com selo Compromisso com a Igualdade de Gênero

quarta-feira, 10 de março de 2021

Iniciativa reconhece ações desenvolvidas por instituições públicas e privadas em favor da igualdade de gênero

O Crea-MS foi reconhecido com o selo Compromisso com a Igualdade de Gênero, conferido pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Políticas da Mulher (Semu). A solenidade de entrega do diploma com a certificação foi realizada na manhã desta quarta-feira (10/3), na sede da Subsecretaria.

A certificação é concedida a instituições públicas e privadas que comprovadamente adotam ações efetivas em favor da igualdade de gênero no ambiente profissional. Além do Conselho, outras sete instituições públicas e privadas receberam a certificação após comprovarem os critérios estabelecidos pelo Decreto nº 13.248/201, que instituiu a premiação.

O selo “Compromisso com a Igualdade de Gênero” – CIG é inspirado nos sete princípios de empoderamento feminino estabelecido pela Organização das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres), em parceria com a Rede Brasileira do Pacto Global, concedido às instituições públicas e privadas, que se comprometem na adoção de ações em favor da igualdade de gênero no mercado de trabalho.

Ao explicar que o selo tem por base princípios de empoderamento feminimo, a vice-prefeita da Capital, Adriane Lopes afirmou que Campo Grande sai na frente com o reconhecimento das instituições que têm dado oportunidade às mulheres, garantindo a elas os seus direitos. “Este é um momento ímpar de conquistas e avanços, porque quando nós mulheres nos expressamos, nos expandimos e influenciamos”, pontuou.

A subsecretária Carla Stephanini, ao se referir à certificação do Crea-MS, afirmou que o Conselho é uma instituição de muita respeitabilidade, que congrega expressivas categorias profissionais e presidido por uma mulher. “Sabemos que, onde as mulheres lideram, os olhares são mais aguçados e mais sensíveis, inclusive para as causas que envolvem toda a sociedade” e finalizou dizendo que com o selo buscamos reconhecer e motivar as empresas no sentido de efetivamente darem o devido respeito e tratamento às mulheres no mundo trabalho, que ainda é muito desigual.

O Crea-MS, pela primeira vez em seus 41 anos de existência, está sendo conduzido por uma mulher, a engenheira agrimensora Vânia Abreu de Mello. Ela também foi a primeira mulher a se candidatar à presidente do Conselho.

No Crea-MS, dos 14 cargos de liderança, 8 deles são ocupados por mulheres e com remuneração determinada em plano de cargos e salários, que possibilita que todos sejam valorizados de forma igualitária.

Para a presidente, a mulher com esse olhar diferente, harmoniza os espaços. “O mês dedicado às mulheres é uma oportunidade de despertar o sentimento de que podemos chegar onde queremos; de fazer valer nossa vontade; nosso conhecimento e, principalmente, que seja respeitada a nossa contribuição,” disse.

Confira o vídeo:

Janine Gonzalez
Assessoria de Comunicação do Crea-MS