Notícias Terça-feira, 8 de junho de 2021

Crea-MS destina recursos para entidades de classe

A valorização profissional é o objetivo das entidades de classe das áreas da engenharia, agronomia e geociências integrantes do Sistema Confea/Crea. É papel de cada uma dela, sejam sindicatos, institutos ou associações, promover ações visando à valorização e garantindo aos profissionais e à sociedade um exercício profissional digno.

Com o objetivo de incentivar as entidades na promoção de eventos técnicos e científicos que contribuam com a atualização e aperfeiçoamento dos profissionais de Mato Grosso do Sul, o Crea-MS deu início em 2016, de forma inédita, a processos de patrocínio, denominados chamamentos públicos.

Os processos de liberação de recursos financeiros são realizados, em média três vezes ao ano, e permitem que as entidades apresentem planos de trabalho solicitando recursos para realização de seus eventos, sejam eles seminários, congressos, palestras e afins.

Em 2019, dois chamamentos foram realizados. O último, lançado em agosto, destinou R$ 60 mil e teve como beneficiadas a Associação Campo-Grandense de Engenheiros Agrônomos (Acea), que obteve R$ 12 mil para a realização do Seminário de Capacitação para elaboração de projetos de manejo e conservação do solo e recursos hídricos e a Associação Brasileira de Engenheiros Mecânicos (Abemec-MS), beneficiada com R$ 9.366,00 para a realização do 6º Encontro Regional de Engenheiros Mecânicos (6º Engemec).

Assinatura do termo de fomento: presidentes do Crea-MS e da Abemec-MS

Assinatura do termo de fomento: presidentes do Crea-MS e da Abemec-MS

“Os recursos disponibilizados pelos chamamentos para a realização de eventos estão enriquecendo a agenda da engenharia do Estado, agregando conhecimento, networking, até mesmo motivação aos profissionais”, avalia o eng. mec. Manoel Rodrigues de Lima Neto, presidente da Abemec-MS.

O eng. agr. Bruno Dantas, presidente da Acea, ressaltou as dificuldades financeiras

Termo de fomento: presidente do Crea-MS e da Acea durante formalização de repasse de recursos

Termo de fomento: presidente do Crea-MS e da Acea durante formalização de repasse de recursos

sofridas pelas entidades e os benefícios possibilitados por meio dos chamamentos. “Sabemos que as entidades de classe têm certas dificuldades para se manter ativas, para pagar contas, o que acaba nos impossibilitando de promover eventos. Os recursos nos auxiliam a promover eventos de qualidade e gratuitamente aos profissionais”.

Os chamamentos públicos são regidos pelas leis 13.019/2014; 13.204/2015; 5.194/1966 e pelo Decreto n.º 8.726/2016. Todos os processos são acompanhados por gestores e estão disponibilizados publicamente para consulta aqui

Janine Gonzalez
Equipe de Comunicação do Crea-MS