Notícias Terça-feira, 8 de junho de 2021

Cooperação: Crea-MS transfere tecnologia para Regional de MT

Os presidentes dos Regionais de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, Dirson Freitag e João Pedro Valente, assinaram dia 11 de abril, em Brasília, um acordo de cooperação técnica que possibilitará que o Regional Mato-Grossense utilize a tecnologia desenvolvida pelo Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) do Crea-MS. O sistema corporativo E-Crea foi lançado em agosto de 2016, após 11 meses de desenvolvimento, e foi um marco na modernização dos serviços oferecidos pelo Crea-MS.

De acordo com o gerente de TI, Sanderson Loubet, além de serviços como emissão de ART’s e boletos, certidões e receituários agronômicos, o  sistema corporativo é integrado por ferramentas que são utilizadas por todos os departamentos do Crea-MS, incluindo processos administrativos, de compras, relatos de processo, aplicativo utilizado pelos agentes fiscais em computadores portáteis, ouvidoria, entre outros. “A intenção é que os serviços oferecidos pelo Conselho possam ser acessados pelos usuários a qualquer tempo e em qualquer lugar com acesso à internet”, garantiu Loubet.

Em contrapartida, o Crea-MT deverá desenvolver e transferir a tecnologia a ser utilizado por um aplicativo para os sistemas operacionais IOS e Android que contenha todos os serviços disponíveis pelo sistema E-Crea.

 

crea mt e ms

Freitag (MS), cons. federal André Schuring (MT), cons. fed. Edson Delgado (MS) e João Pedro Valente (MT)

O presidente do Crea-MS, Dirson Freitag, ressaltou que o sistema corporativo, que já está disponível há quase três anos, está sempre em aprimoramento e agregando novas funcionalidades para atendimento das demandas dos profissionais, de empresas, dos conselheiros e dos funcionários. “Ele é parte de um grande projeto que visa oferecer agilidade e excelência em atendimento”, pontuou.

“Parcerias como esta criam laços de cooperação mútua com o objetivo de reduzir burocracias, otimizar processos internos, dão maior foco na atuação estratégica da gestão, somam competências e garantem à sociedade, um serviço público de maior qualidade”, avaliou o presidente do Crea-MT João Pedro Valente, ao se referir à troca de tecnologias que implementará processos administrativos do Crea-MT à exemplo do processo de compras, de pagamentos, ofícios, holerite, relatórios de fiscalização, relatos de processos, autos de infração, certidões de pessoas físicas e jurídicas, acervos técnicos, ouvidoria, controle de anuidade, entre outros.

Janine Gonzalez
Com informações de Rafaela Maximiano
Setor de Comunicação do Crea-MS