CGU e Crea-MS firmam convênio inédito em Mato Grosso do Sul

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Controle interno e transparência das ações são algumas das principais diretrizes da atual gestão do Crea-MS. Para isto, em maio passado, o Crea-MS criou sua Controladoria, que tem por objetivo acompanhar e avaliar a gestão de forma preventiva, propositiva e educativa, verificando o cumprimento da legislação e dos normativos internos.

cgu_menor

A controladora Selma Ennes, o superintendente da CGU/MS José Paulo Barbieri e o presidente Dirson Freitag

Na tarde desta quarta-feira (25/07), de forma inédita no Estado, o Conselho firmou um acordo de cooperação técnica com o Ministério daTransparência e Controladoria Geral da União, representado pelo superintendente da Controladoria Regional da União no Estado de Mato Grosso do Sul, José Paulo Julieti Barbiere.

“O controle interno é imprescindível para uma boa gestão. Só existe trabalho de órgão público, se for para o público”, disse Barbieiri ao ser informado pelo presidente Dirson Freitag sobre a instalação da Controladoria no Regional. Ainda segundo o superintendente, os acordos de cooperação são válidos e muito importantes para os dois partícipes. “Para nós, é uma iniciativa inovadora, pioneira e, talvez, a mais importante, principalmente, por envolver questões ligadas à construção civil”.

Freitag ressaltou que o convênio viabiliza a aproximação com um órgão de extrema importância, já que é um dos que avaliam os resultados das gestões do Sistema Confea/Crea, por exemplo. “Uma das prioridades do nosso trabalho é tornar transparente todas as ações que desenvolvemos, seja no aspecto administrativo ou de normativos. Quanto mais ferramentas obtivermos para nos auxiliar neste processo, mais acessíveis à sociedade serão essas informações, por isto a importância deste convênio”, afirmou.

Para finalizar, o superintendente da CGU pontuou que o acordo de cooperação permitirá o intercâmbio de informações e de sistemas operacionais e a realização de treinamentos, visando melhorar tanto o trabalho do Crea-MS, na fiscalização, quanto da CGU, em suas atividades. “A CGU tenta, ao máximo, mostrar a sua atividade, sua função, e apresentar à sociedade o resultado de seus trabalhos, por isso, esta aproximação é fundamental”, disse.

Sobre a CGU – O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) é o órgão do Governo Federal responsável por realizar atividades relacionadas à defesa do patrimônio público e ao incremento da transparência da gestão, por meio de ações de controle interno, auditoria pública, correição, ouvidoria e prevenção e combate à corrupção.