Confea sedia 5º Encontro Nacional dos Coordenadores dos Cders

quarta-feira, 20 de outubro de 2021
Participantes e colaboradores do Confea ao encerramento do evento
Coordenador do CDER-MS, eng. agr. Antônio Luiz Neto Neto participou do encontro

Interrompidos em decorrência da pandemia de Covid-19, os Encontros Nacionais dos Coordenadores dos Colégios de Entidades Regionais – Cders tiveram continuidade nestas quinta e sexta (15), no Confea, com a realização de sua quinta edição. O evento contou com a participação dos 16 representantes dos Colégios já estabelecidos no país.  “Uma reunião muito boa com o objetivo de dar a oportunidade de os colégios de entidades regionais trazerem para o Confea as demandas dos profissionais da base para um intercâmbio de ideias e de opiniões”, considerou o coordenador nacional, eng. agrim. Valdir Schneider (Crea-SC), informando que o Cder está sendo instituído em outros 11 regionais e que apenas em Santa Catarina ele reúne 48 entidades de classe.

Ao participar da abertura da reunião, o presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, manifestou sua disponibilidade em contribuir para a valorização das entidades regionais de todo o país. “Os Colégios de Entidades Regionais se estabeleceram a partir de uma reunião do Crea Sul em Porto Alegre, em 2016, quando os Regionais de Santa Catarina e do Paraná iniciaram esse processo, logo acompanhados por São Paulo. Fico muito feliz em constatar que essa proposta vem sendo encampada por todo o país nos últimos anos”, comentou, colocando à disposição toda a assessoria técnica do Conselho Federal.

O coordenador nacional do Cder conta que, no início, o principal objetivo era criar uma representação junto ao Confea, objeto de uma PL analisada pelo plenário do Confea em 2018. “A falta de um dispositivo legal impossibilitou que a PL fosse aprovada na íntegra, mas ela permitiu que os colégios tivessem a oportunidade de reunirem-se nos dois eventos máximos do Confea, na Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia e no Encontro de Lideranças do Sistema. Tivemos uma legitimidade. Essa reunião extraordinária está sendo proporcionada em cima daquela decisão. Fizemos quatro encontros anteriores, depois veio a pandemia, e não podemos nos reunir, sem a Soea e o Encontro de Líderes”, diz, ressalvando que o colegiado não é oficialmente um fórum do Confea. “Somos um colegiado independente, mas trabalhando em muita harmonia com o Confea”.

Apresentações
“O presidente Joel nos deu uma palestra sobre a importância da aproximação com o Sistema. Comentou o atendimento de muitas demandas das entidades de classe que o Confea tem disponibilizado. Por sua vez, o procurador jurídico Igor Garcia nos apresentou as principais ações públicas do Confea relacionadas aos sombreamentos com o Conselho Federal de Técnicos Industriais e com o Conselho Federal dos Técnicos, para tomarmos conhecimento. Um panorama muito bom de toda a questão. Também tivemos a apresentação de um estudo de caso da Associação Goiana de Engenharia de Segurança do Trabalho, conduzido pelo coordenador adjunto do Cden, eng. eletric. e seg. trab. Milton Ribeiro”, descreve Schneider.

Outro ponto destacado da programação foi a participação do assessor parlamentar do Confea, Guilherme Cardozo, que abordou o projeto de lei 617/2019, que altera o artigo 36 da Lei 5.194/1966. “Temos um projeto de lei apresentado em 2017 de autoria do deputado Valdir Colatto (MDB-SC) para a Câmara dos Deputados pelo Crea-SC e Cder. Naquele ano, a gente não tinha uma parceria com o Confea e entramos com esse projeto de forma isolada. A partir de 2018, o projeto foi arquivado. Na nova gestão do Confea, de consenso, nós tramitamos esse pojeto internamente e depois o retiramos do arquivo, junto ao deputado federal Luiz Nishimori (PL-PR). Estamos pleiteando para que tenhamos a recuperação do repasse de recursos oriundos da ART. No CP, aprovamos um substitutivo da lei. E, junto ao Guilherme Cardozo, definimos uma estratégia para que esse PL se torne realidade, passando pelo Congresso”, informa.

Henrique Nunes
Equipe de Comunicação do Confea

Fotos: Marck Castro/Confea