Notícias Terça-feira, 8 de junho de 2021

CEP-MS termina com mais de 300 participantes e 42 propostas apresentadas

Depois de levar discussões e coletar propostas sobre as estratégias da engenharia e da agronomia para o desenvolvimento nacional nas cidades de Três Lagoas, São Gabriel do Oeste, Dourados e Corumbá, o Crea-MS realizou em Campo Grande, nos dias 18 e 19 de julho, o 9º Congresso Estadual de Profissionais (CEP).IMG_9678

O evento, realizado a cada três anos pelo Sistema Confea/Crea, tem por objetivo reunir profissionais e estudantes em discussões para propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação visando à participação dos profissionais da engenharia e agronomia nos desenvolvimentos estadual e nacional.

Cobertura fotográfica do 1º dia do evento
Cobertura fotográfica do 2º dia do evento

Delegados eleitos no interior e ainda profissionais e estudantes da engenharia, agronomia e geociências participaram de dois dias de intensos debates propostos por palestrantes que falaram sobre atuação das empresas de engenharia; recursos naturais; atuação profissional; inovações tecnológicas; e infraestrutura.

A palestra magna, com o tema Estratégias da Engenharia e Agronomia para o desenvolvimento nacional, foi ministrada pelo ex-vice-presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e presidente do Instituto de Brasilidade e da Federação de Câmara de Comércio e Indústria da América do Sul, engenheiro Darc Costa.

Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o desenvolvimento nacional, tema do evento, foi também a tônica da palestra de Darc Costa. Segundo ele, o engenheiro é o profissional do desenvolvimento. “Se não há desenvolvimento, o engenheiro fica mitigado na sua função. Precisamos fomentar a ideologia do desenvolvimento novamente”, disse. Confira entrevista com Darc Costa

“O Congresso superou nossas expectativas. Os profissionais presentes tiveram efetiva participação, tivemos várias  boas propostas, o que demonstra a vontade em colaborar com melhorias no Sistema.”, afirmou o coordenador da Comissão Organizadora Regional (COR-MS), eng. civ. Ganem Jean Tebcharani.

Sobre o 9º CEP, o eng. civ. Lucas Xavier, de Três Lagoas, pontuou que os encontros são de suma importância para os profissionais e estudantes, pois são neles que podemos solicitar melhorias no Sistema um todo.

Balanço – O 9º CEP contou com 309 participantes, 42 propostas apresentadas e 14 delegados eleitos (6 com mandato, 6 sem mandato e dois convidados) para representar Mato Grosso do Sul no 10º Congresso Nacional de Profissionais que será realizado em Palmas (TO), de 19 a 21 de setembro, paralelamente à Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (Soea).

Em Mato Grosso do Sul, o 9º CEP contou com o patrocínio do Confea e apoio da Mútua-MS.

Delegados que participarão do 10º CNP

Delegados que participarão do 10º CNP


Sobre o 10º CNP
De 19 a 21 setembro, em Palmas (TO), os 677 participantes do 10º Congresso Nacional de Profissionais (CNP) serão distribuídos em Grupos de Trabalho, que discutirão cerca de 400 propostas nacionais. Todas elas, ou parte delas, poderão ser aprovadas. E, uma vez aprovadas, servirão de fundamentos para a elaboração de anteprojetos de leis ou minutas de resoluções.O tema central desta edição do Congresso Nacional de Profissionais é “Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o desenvolvimento nacional”, que será explorado por meio dos eixos temáticos:
Inovações Tecnológicas – Inovações tecnológicas no processo de desenvolvimento econômico sob a ótica da Engenharia e da Agronomia;
Recursos Naturais – O papel da Engenharia e da Agronomia na utilização e aproveitamento de recursos naturais com sustentabilidade;
Infraestrutura – A governança da política de infraestrutura brasileira sob a ótica da Engenharia;
Atuação Profissional – Os rumos da formação profissional da Engenharia e Agronomia brasileiras;
Atuação das empresas de Engenharia – Governança das empresas de Engenharia e obras públicas.

O tema central, os eixos temáticos e os aspectos estruturantes foram definidos e aprovados por meio da Decisão Plenária 60/2019

Setor de Comunicação do Crea-MS