CDIN reúne inspetores em Campo Grande

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O Colégio de Inspetores (CDIN) reuniu seus representantes em encontro na sexta-feira, 9 de dezembro, na sede do Conselho, em Campo Grande.
A reunião teve início com a apresentação, pelo gerente engenheiro civil e ambiental Luis Antônio Rodrigues Silva, do planejamento, ações e demandas da fiscalização para 2017. Em seguida, os diretores geral e administrativo da Mútua, Jean Saliba e Hamilton Rondon, respectivamente, falaram sobre os benefícios da Caixa de Assistência, informações que deverão ser multiplicadas aos profissionais do interior.

O presidente do Crea-MS, Dirson Freitag, apresentou relatório de gestão e ações para 2017 e os participantes participaram de uma dinâmica onde expuseram dificuldades encontradas pelos profissionais e ainda sugestões para melhorias dos serviços prestados pelo Conselho.

Inspetora em Corumbá, a engenheira sanitarista e ambiental Danusa Ortega Sulzer disse que o encontro foi muito válido porque proporciona a integração entre os inspetores e ainda o alinhamento dos assuntos do que vêm ocorrendo nos outros municípios.  “Hoje os profissionais estão procurando muito mais as inspetorias porque o Crea vem desenvolvendo ferramentas e metodologias para que eles venham até a gente. O Conselho está muito mais presente no interior, promovendo cursos e aprimoramento, o que para os para os profissionais é muito interessante”, relatou Danusa.

Inspetor municipal em Ribas do Rio Pardo, o técnico em agropecuária Antônio Minari Júnior, falou sobre a importância que têm esses eventos já que “aproxima inspetores e a faz com que notemos que as dificuldades de um, não são muito diferentes das dos outros”.

Ainda segundo o inspetor, este tipo de evento faz com que haja aproximação entre os inspetores e que todos conheçam as particularidades de cada município. Além disso, segundo ele “a fiscalização é necessária para nos respaldar como profissionais, porque o registro profissional em uma instituição realmente reconhecida e que tem credibilidade, como é o Conselho, nos ampara para executar nossas atividades”.

Comentários( 0 )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*